30 de ago de 2008

Amor nos três pavimentos

Eu não sei tocar, mas se você pedir
Eu toco violino fagote trombone saxofone.
Eu não sei cantar, mas se você pedir
Dou um beijo na lua, bebo mel himeto
Pra cantar melhor.
Se você pedir eu mato o papa, eu tomo cicuta
Eu faço tudo que você quiser.

Você querendo, você me pede, um brinco, um namorado
Que eu te arranjo logo.
Você quer fazer verso?
É tão simples!... você assina
Ninguém vai saber.
Se você me pedir, eu trabalho dobrado
Só pra te agradar.

Se você quisesse!... até na morte eu ia
Descobrir poesia.
Te recitava as Pombas, tirava modinhas
Pra te adormecer.
Até um gurizinho, se você deixar
Eu dou pra você...



Vinicius de Moraes

26 de ago de 2008

" Tem dias que eu fico pensando na vida, e sinceramente não vejo saída..."

Alguém aí vê a saída? alguém pode me dizer então aonde ela fica?
Porque eu acho que ela está muito mal sinalizada, sinceramente.

22 de ago de 2008

Se chove a janela parece um quadro de museu
E quando a janela escurece a luz se torna eu
Contente é o bom imaginador...




Fábrica do Refrão

19 de ago de 2008

Palavras não escritas
Frases não lidas
Pansamentos não expressados

E a carta continuou sem ser enviada...

14 de ago de 2008

1 MINUTO ANTES DA SURRA

Esse foi o título do email que eu recebi com essa foto aí de baixo e mais umas duas tão hilárias quanto essa.
Mas se essa cena realmente acontecesse comigo, acho que eu não ía conseguir bater, porque olha isso...não é de morrer de rir e depois encher de mordidas???