22 de mai de 2011

Uma palavra
Uma mensagem
11 anos de cumplicidade...
Tudo que te faz feliz em 4 linhas
Tudo que te faz sentir viva em 4 linhas
Tudo que te faz querer viver em 4 linhas...
4 linhas...
eu te amo (e eu sempre soube disso)

9 de mai de 2011

Bukowskiando

"Sem ambição, sem talento, sem sorte. O que me mantinha fora da sarjeta era pura sorte, e a sorte jamais durava."


"Palavras não são preciosidades, mas sim necessidades." 


"Que coisa mais triste, tudo é tão triste - a gente passa a vida inteira feito bobo pra depois morrer que nem besta." 


"O que eu odeio é que algum dia tudo se reduzirá a nada, os amores, os poemas. Acabaremos recheados de terra como um taco barato."


"Se o homem pode fazer apenas uma pessoa feliz durante toda uma vida, então sua vida foi justificada."


"Você me inventou e eu inventei você e é por isso que nós não damos mais certo."


"Não há cura para a dor a não ser que você conheça alguém que entende como você se sente e sabe como ajudar.” 




"Tentar dar o troco achando que não vai se machucar em dobro mais tarde, é burrice." 



Frases retiradas do twitter do @bukowskiDiz

6 de mai de 2011

fale com ela

Ainda não terminei de ler o livro, mas confesso que estou com um pouco de preguiça.
O livro é na verdade um apanhado da coluna da autora na Folha de SP. Reúne perguntas (daquelas que leitores mandam pra possíveis terapeutas) em que eles sonham que com uma resposta tudo esteja solucionado. É bem escrito, mas é fraco (isso é o meu ponto de vista, ok?) Porque não me interesso em saber "Namoro há 2 anos com um cara em NY. Moro em SP e nunca nos vimos, só nos falamos por internet. Agora ele quer me ver e tenho medo que a magia acabe. O que posso fazer?" Tenha dó. Gente doente que quer se tratar via tirinha de psicoterapeuta de jornal...não. Pra mim não serviu.
Se alguém estiver interessado, eu empresto.

celebrando um dos dias mais bonitos do ano

Sinto muito por quem mora em Florianópolis e passou o dia dentro de um escritório/consultório ou qualquer lugar fechado. Hoje foi um dos dias mais bonitos que eu vi esse ano. Céu tão limpo! Solzinho esquentando o corpo e aquele friozinho de início da estação.


Foto tirada em Santo Antônio de Lisboa.

4 de mai de 2011

o apanhador no campo de centeio


"- Você conhece aquela cantiga: "Se alguém agarra alguém atravessando o campo de centeio"? Eu queria...
- A cantiga é "Se alguém encontra alguém atravessando o campo de centeio"! - ela disse. - É dum poema do Robert Burns.
- Eu sei que é dum poema do Robert Burns.
Mas ela tinha razão. É mesmo "Se alguém encontra alguém atravessando o campo de centeio". Mas eu não sabia direito.
- Pensei que era "Se alguém agarra alguém" - falei. - Seja lá como for, fico imaginando uma porção de garotinhos brincando de alguma coisa num baita campo de centeio e tudo. Milhares de garotinhos, e ninguém por perto - quer dizer, ninguém grande - a não ser eu. E eu fico na beirada de um precipício maluco. Sabe o quê que eu tenho de fazer? Tenho que agarrar todo mundo que vai cair no abismo. Quer dizer, se um deles começar a correr sem olhar onde está indo, eu tenho que aparecer de algum canto e agarrar o garoto. Só isso
que eu ia fazer o dia todo. Ia ser só o apanhador no campo de centeio e tudo. Sei que é maluquice, mas é a única coisa que eu queria fazer. Sei que é maluquice."

(O Apanhador no Campo de Centeio - J.D. Salinger.)