8 de abr de 2010

MAIS DO MESMO

Eu sou uma em uma só, ou sou várias em várias pessoas.
Consigo me achar na amizade do ônibus, no cara que me vende pipoca, no meu melhor amigo da vida inteira da internet (o qual eu nunca  vi na vida) naquela minha melhor amiga de todos os anos, que teima em ser minha melhor amiga mesmo que a gente tenha mudado tanto que nem se reconheça mais (e agradeço todos os dias por ela insistir tanto), naquela pessoa que eu conheço a dias, meses, anos e que é tão especial que eu não poderia viver sem.
Estou presente nessas pessoas com um pouquinho de mim em cada uma. Porque me dôo de coração a tudo que faço e faço um pouco de tudo com o maior carinho do mundo.
Tenho meus amigos do HC que jamais esquecerei. São poucos e bons os amigos que acompanharam aquela ridícula adolescência e ainda hoje me fazem ir a shows de hard core pra me ver e ouvir dizer que tenho saudades.
Tenho os amigos das várias cidades que passei. Aqueles que trocaram email, msn, me adicionaram em todas as redes sociais que encontrei e que me fazem sentar a frente do computador e escrever emails sobre como estou me sentindo no dia de hoje.
Tenho aqueles amigos que me vêem durante o dia. Ligam, almoçam, jantam, me empurram pra vida social e que eu realmente não tenho ideia de como seria a minha vida sem eles.
Em todos eles eu me encontro um pouquinho e deixo também um pouco de mim.
Então você sinta-se amigo. Beije, abrace, me mande um email, porque eu vou adorar te chamar de MEU AMIGO!

5 de abr de 2010

JOHN FRUSCIANTE

John Frusciante é daqueles que eu ouço, ouço, mas ouço taaanto que depois fico um bom tempo sem ouvir, aí volta o ciclo. To numa dessas voltas. Amando, apaixonada por ele, esse "homem de fases"
JF é sim um homem de fases. Passou do desconhecido pra fama, foi até o fim do túnel com a heroína, entrou e saiu do Red Hot Chilli Peppers algumas vezes.
No meio de tudo isso ele sempre teve um lado solitário, de querer se descobrir e fazer as coisas por ele mesmo. Daí sua carreira solo.
Ouvindo os discos dele dá pra sentir algumas de suas fases. Tem disco depressivo, tem disco falando sobre renascimento e descoberta, tem disco que é pura conversa dele com sua amiga (ou ex-amiga) heroina.
O que eu mais gosto, se é que eu consigo mesmo definir isso é o Curtains, que mostra uma dessas fases de renascimento, onde ele se solta e demonstra o que é e o que pensa, apesar da melancolia das músicas.
Então um pouquinho de Frusciante pra vocês:










MEU ANIVERSÁRIO É 18 de OUTUBRO!!!

Agora já sei o que eu quero ganhar de aniversário!
http://g1.globo.com/Noticias/Musica/0,,MUL1554692-7085,00-FRANCES+ILUSTRA+HISTORIAS+DO+ROCK+EM+HQ.html

DJ SET por GUSTAVO BONFIGLIOLI

Seu nome é Gustavo Bonfiglioli, porém ele pode ser conhecido por inúmeros outros apelidinhos da vida. Contudo isso não é importante. O que importa aqui é que desde o ano passado ele vem se aventurando nas pick-ups em baladas alternativas de Florianópolis e arrastando pessoas pra remexer seus quadrizinhos enferrujados. Agora ele gravou uma mix-tape para mostrar aos que não costumam frequentar essas baladas o que  estão perdendo.
Taí:
http://soundcloud.com/gbonfiglioli/mixtape-improvisada