5 de abr de 2010

JOHN FRUSCIANTE

John Frusciante é daqueles que eu ouço, ouço, mas ouço taaanto que depois fico um bom tempo sem ouvir, aí volta o ciclo. To numa dessas voltas. Amando, apaixonada por ele, esse "homem de fases"
JF é sim um homem de fases. Passou do desconhecido pra fama, foi até o fim do túnel com a heroína, entrou e saiu do Red Hot Chilli Peppers algumas vezes.
No meio de tudo isso ele sempre teve um lado solitário, de querer se descobrir e fazer as coisas por ele mesmo. Daí sua carreira solo.
Ouvindo os discos dele dá pra sentir algumas de suas fases. Tem disco depressivo, tem disco falando sobre renascimento e descoberta, tem disco que é pura conversa dele com sua amiga (ou ex-amiga) heroina.
O que eu mais gosto, se é que eu consigo mesmo definir isso é o Curtains, que mostra uma dessas fases de renascimento, onde ele se solta e demonstra o que é e o que pensa, apesar da melancolia das músicas.
Então um pouquinho de Frusciante pra vocês:










2 comentários:

cathipereira disse...

John... sempre uma delícia!!

Tamires Freitas disse...

Pô não conhecia...mas curti muito (Y)
abraço.