7 de ago de 2009

Esse vazio interno que sufoca a alma dos nascidos vivos
Pode ser um temor de que a morte possa chegar a qualquer instante?
Quando a morte, sorrateira e lenta vem nos seguindo ao longo dos anos,
acabamos nos tornado amigos dela.
E de mancinho ela vai nos puxando
"Venha, venha pra cá!", diz aquela voz que o íntimo escuta.
Tendo dias de verão e transgredindo tudo o que possa nos trazer mais vida
acabamos sendo seduzidos e levados.
E nada mais nos alcança. Ninguém mais nos ouve e nos tornamos pó.

Nenhum comentário: