17 de fev de 2009

docemente pálida

e o que restou?
o que restou do tempo?
o que restou da saudade?
o que restou do carinho?
o que restou daqueles dias felizes?

Nenhum comentário: