15 de jun de 2011

cotidiano

Todo dia ela acorda
Todo dia ela caminha
Todo dia ela pega o mesmo ônibus.

Todo dia ele acorda
Todo dia ele dirige pela mesma estrada
Todo dia ele ouve o mesmo noticiário

O fone no ouvido
O barulho da rua despercebido
E o pensamento voando longe

As caixas de som
A mesma repetição
E o pensamento voando longe

Todo dia ela volta no mesmo horário
Todo dia ela põe seu pijama listrado
Todo dia ela deita sem conclusão

Todo dia ele passa no supermercado
Todo dia ele bebe tentando esquecer
Todo dia o dia dele termina sem conclusão

Nenhum comentário: